O Sistema Fiemt é composto pelas entidades: Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço de Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt) e Instituto Euvaldo Lodi. (IEL). Com a sede em Cuiabá, possui unidades em cidades polos do estado. 

O objetivo do Sistema Fiemt é representar os interesses do setor industrial para contribuir com o desenvolvimento econômico, além de atender as necessidades das indústrias mato-grossenses em formação e qualificação profissional, saúde, segurança e qualidade de vida do trabalhador, educação empresarial, serviços técnicos e de tecnologia, inovação e internacionalização. 

Indústria Presente

A Indústria está presente na força de um estado que cresce em direção ao futuro. Está na educação, na qualidade de vida, na inovação e na competitividade. Onde a Indústria está presente, o desenvolvimento acontece. Assista ao vídeo da nossa campanha.

Missão

“Representar a indústria, fomentar seu crescimento, fortalecer o associativismo e contribuir com o desenvolvimento sustentável do Estado de Mato Grosso."

Visão

"Ser reconhecida como instituição privada atuante e indispensável ao desenvolvimento da indústria no Estado de Mato Grosso".

História

A Fiemt foi fundada em 25 de novembro de 1975. Conforme normas do Ministério do Trabalho, para implantar a federação era preciso reunir cinco entidades representativas.

Contribuíram para criar a federação os seguintes sindicatos: das Indústrias da Construção e do Mobiliário, das Indústrias da Panificação e Confeitaria de Cuiabá e o das Indústrias Gráficas de Cuiabá. O 5º sindicato da indústria reunia empresários do setor da alimentação da região de Corumbá (atual Mato Grosso do Sul), que integrava o estado antes da divisão ocorrida em 1977.

Em 10 de maio de 1976 foi assinada a Carta Sindical pelo ministro interino do Trabalho, Jorge Alberto Furtado, reconhecendo a Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (Fiemt). A assinatura aconteceu no plenário da Assembleia Legislativa do Estado.

A eleição da primeira diretoria da Fiemt ocorreu no dia 21 de setembro de 1976, no auditório do Serviço Nacional do Comércio (SENAC), em Cuiabá. A diretoria eleita, presidida pelo empresário Otacílio Borges Canavarros, foi empossada em 29 de novembro de 1976.

Em seus primeiros anos, a Fiemt atuou para identificar as regiões estratégicas para implantação dos polos de desenvolvimento para promover a industrialização.

Com a federação, foram implantados os departamentos e conselhos regionais do Serviço Social da Indústria (Sesi) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), que já atuavam no estado sob a gestão do Departamento Nacional.  O Estado passou a contar também com o núcleo estadual do Instituto Euvaldo Lodi (IEL). Os serviços de qualificação, saúde e educação do trabalhador, que passaram a serem oferecidos também no interior do estado, aliados à inserção dos jovens no mercado de trabalho foram fundamentais para o processo de desenvolvimento industrial de Mato Grosso.

Desde sua fundação, a Fiemt luta para melhorar a logística, energia, tributação e questões fundamentais ao desenvolvimento da indústria e do estado de Mato Grosso.

Presidentes da FIEMT

Gustavo Pinto Coelho de Oliveira
2022 - 2018
Jandir Milan
2018 - 2012
Mauro Mendes Ferreira
2012 - 2007
Nereu Luiz Pasini
2006 - 2003
Alexandre Furlan
2003 - 2000
Carlos Antônio de Borges Garcia
2000 - 1994
Ari Wojcik
1994 - 1988
João Barbuino Curvo Neto (IN MEMORIAM)
1982 - 1981
Otacílio Borges Canavarros
1988 - 1975

Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Fone: (65) 3611-1500 / 3611-1555