Empresários revelam otimismo com os negócios durante Fórum da Indústria em Cáceres

17/05/2022 - 12h18
Fórum da Indústria Cáceres
Edição do Fórum da Indústria em Cáceres foi realizada no Senai.
Foto: Eduardo Cardoso/Fiemt

O Fórum da Indústria MT 2022 continua percorrendo o estado. A edição em Cáceres, realizada na noite de segunda-feira (16), reuniu diversos empresários e trabalhadores do setor na sede do Senai no município. Atento, o público assistiu e interagiu com a palestra que trouxe reflexões sobre o cenário econômico para os próximos anos.

O economista e jornalista Luís Artur Nogueira, colunista de vários veículos de comunicação de alcance nacional, trouxe informações e análises valiosas, além de mostrar os desafios e oportunidades para os empresários.

“A pandemia do coronavírus, a guerra entre Rússia e Ucrânia, as eleições de outubro e a Copa do Mundo de Futebol são os acontecimentos mais determinantes da atualidade. E diante desse cenário, é preciso ganhar eficiência, reduzir custos e se preparar para o próximo salto de crescimento”, afirma o palestrante.

Para Luís Artur, no Brasil, tudo indica que o PIB em 2022 não passará de um crescimento de 0,5% a 1%. A inflação elevada corroendo a renda e elevando os juros, somada à crise hídrica que aumentou os custos da energia elétrica, ao crédito mais caro e ao desemprego, inibirão o consumo e os investimentos.

“Com tudo isso, as empresas estão, cada vez mais, olhando para dentro delas, buscando formas de serem mais eficientes, trabalhar com equipes mais produtivas, com menos custos, para conseguir ganhar produtividade e mercado”, avalia o economista,

O presidente do Sistema Federação das Indústrias de Mato Grosso (Sistema Fiemt) corroborou com as falas do palestrante e destacou que a grande missão do fórum é promover informações para que os empresários tomem as melhores decisões em seus negócios.

“Em um cenário de incertezas, o empresário, para decidir, precisa de informação de qualidade. Nosso papel é dar subsídios necessários, por meio de informação, serviços e assessoria para quem toma decisão. O Sistema Fiemt, por meio de Sesi, Senai, IEL e Fiemt, está aqui para ajudar na redução de custos, melhorar produtividade e contribuir com a qualificação profissional e de produtos”, assegura.

Com dinâmicas interativas, o palestrante realizava pesquisas em tempo real com a plateia. No quesito otimismo empresarial, o resultado foi surpreendente: 97% dos participantes acreditam que os negócios estarão melhores nos próximos 12 meses.

“Os assuntos abordados foram excelentes. Não precisamos nos assustar com o futuro: é só fazer as coisas corretamente e trabalhar com foco”, finaliza o gerente industrial da TRC, indústria genuinamente mato-grossense que atua na produção e comercialização de madeira de teca e abastece mercados do mundo inteiro”.

Fórum da Indústria Cáceres
Empresários de Cáceres demonstraram otimismo com os negócios durante
palestra com o economista Luis Artur. Foto: Eduardo Cardoso/Fiemt

Participam ainda do encontro o superintendente do Sesi, Alexandre Serafim, o vice-presidente da Fiemt, Antonio Bornelli, os presidentes dos sindicatos industriais de Cáceres do setor da construção civil (Sinduscon-Sudoeste),José Providência, da metalomecânica, metalúrgica e elétrica (Sindimec-Sudoeste). Massao Koga e da alimentação (SIA Cáceres), Wellington Nunes

Mês da Indústria

A programação do Mês da Indústria tem sequência na quinta-feira (18), na sede Fiemt, em Cuiabá, com a palestra do programa Sócio Indústria e Banco do Brasil sobre cenários econômicos e soluções financeiras

Retomando as reuniões do Fórum da Indústria, a palestra com o economista Luís Artur Nogueira será em Rondonópolis, no dia 19, no Senai, fechando o ciclo das edições no interior do estado.

Já na terça-feira (24), a partir das 8h30, será realizado no centro de eventos do Senai Cuiabá o workshop Agro: tecnologia e aplicações espaciais. A iniciativa é idealizada pela Agência Espacial Brasileira (AEB) e conta com realização da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Fiemt, Senai e Governo de Mato Grosso. Inscreva-se aqui.  No mesmo dia, o Sistema Fiemt vai inaugurar a unidade do Senai em Alta Floresta.

No Dia da Indústria (25), a partir das 19h, a programação no Senai Cuiabá será de análises econômicas, homenagens e lançamento. A palestra magna da noite será com o economista e colunista do jornal Valor Econômico, Bruno Carazza, que vai analisar os cenários econômicos de 2023 a 2026 no contexto das eleições presidenciais de 2022. Ocorre ainda a solenidade de entrega de medalhas do Mérito Industrial à empresários do setor. As honrarias serão concedidas pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), por solicitação do deputado estadual Carlos Avalone. Na sequência, será lançado o programa Melhores Indústrias para Trabalhar em Mato Grosso.

Para fechar a programação, também no Senai Cuiabá, a partir das 8h, a quinta-feira (26) será dedicada à gestão de pessoas, das empresas, liderança, inovação e eficiência. Inscreva-se aqui.

Entre os palestrantes do Fórum da Indústria MT 2022 estão o médico psiquiatra especialista em gestão, Roberto Aylmer, o diretor do Great Place To Work (GPTW), Cauê Oliveira e a CEO da Falconi, Viviane Martins.

Texto e fotos: Eduardo Cardoso

Acompanhe o Sistema Fiemt nas redes sociais:

Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Fone: (65) 3611-1500 / 3611-1555