Coagro MT debate o desenvolvimento agroindustrial em reunião do Conselho Superior do Agronegócio na Fiesp

07/05/2022 - 17h20
Coagro no Cosag
Silvio Rangel é vice-presidente da Fiemt e presidente do Coagro e
Sindacool. ​​​​​​Foto: Fiesp/Divulgação.

O vice-presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Silvio Rangel, participou nesta semana da reunião do Conselho Superior do Agronegócio (Cosag), na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Em pauta, temas estratégicos para o desenvolvimento da agroindústria nacional, com foco na agenda do Executivo e a matérias importantes que tramitam no Congresso Nacional

Estiveram na reunião o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Guilherme Soria Bastos Filho, o presidente do Cosag/Fiesp, Jacyr Costa e o presidente do Instituto Pensar Agropecuária (IPA), Nilson Leitão.

“Mato Grosso é líder em produção agropecuária e por esse motivo tem um papel muito relevante na conjuntura nacional. Precisamos avançar na industrialização para agregar valor às nossas cadeias e por esse motivo o Conselho Temático da Agroindústria da Fiemt (Coagro) tem buscado a participação em todos os conselhos representativos do país”, destaca Silvio que atualmente preside o Coagro/Fiemt e o Sindicato das Indústrias de Bionergia de Mato Grosso (Sindalcool MT).

Durante o encontro, os representantes do setor trataram sobre os temas de desenvolvimento que estão tramitando no Congresso Nacional. Dentre eles, o Projeto de Lei 1.293/21, que dispõe sobre o autocontrole nas atividades agropecuária e agroindustrial. A proposta vai possibilitar que o Estado concentre suas ações no controle e na fiscalização de atividades de maior risco, além de permitir maior dinamismo e liberdade às atividades econômicas agropecuárias.

O tema é uma demanda antiga do setor agropecuário e vai possibilitar a inserção de profissionais privados no acompanhamento diário dos processos com exceção das atividades típicas dos auditores fiscais. Desse modo, será possível o credenciamento de pessoas jurídicas ou a habilitação de pessoas físicas para a prestação de serviços técnicos ou operacionais relativos às atividades de defesa agropecuária. 

“Esse ano foi talvez o ano de maior produtividade, maior resolutividade de todos, pois nós conseguimos tirar cinco projetos importantíssimos da Câmara Federal. A Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) fez um grande trabalho. Claro que isso é uma luta de muito tempo e esses são temas que, hoje, já estão no Senado Federal”, pontuou o presidente do IPA.

Além do autocontrole, a inteligência agropecuária foi um dos assuntos levantados pelo secretário-executivo do Mapa durante a reunião. De acordo com ele, “o órgão notou a necessidade de ações de fortalecimento nessa área, de modo que dê mais sustentação nas informações, ampliando o setor no mercado interno e externo e possibilitando se comunicar de forma melhor, especialmente por meio de dados confiáveis. ”   

Cosag

O Cosag é um órgão técnico estratégico da Fiesp que tem o intuito de debater, realizar estudos e propor políticas na área do agronegócio, promovendo permanentemente a interação das entidades ligadas ao tema, por meio de reuniões mensais com líderes e representantes do setor.

Coagro 

Fundado em 2020, o conselho atua diretamente ligado à presidência da Fiemt em assuntos relacionados ao desenvolvimento e à competitividade dos diversos setores da agroindústria de Mato Grosso. A iniciativa conta com a participação da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) e demais parceiros.

Texto: Maria Clara Menezes/Fiemt

Acompanhe o Sistema Fiemt nas redes sociais:

Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Fone: (65) 3611-1500 / 3611-1555