Ferramenta idealizada pelo Instituto Ação Verde facilita confecção e validação do Cadastro Ambiental Rural em Mato Grosso

07/07/2021 - 18h28
A assinatura ocorreu nesta quarta-feira (07.07).
Foto | Christiano Antonucci

Uma parceria entre o Instituto Ação Verde, associações do setor produtivo e o Governo do Estado garantiu, em acordo firmado nesta quarta-feira (07/07), o acesso à uma plataforma totalmente digital que foi desenvolvida para auxiliar na confecção do Cadastro Ambiental Rural (CAR).

Para possibilitar o planejamento ambiental e econômico do uso e ocupação do imóvel rural, ou seja, assegurar a regularidade ambiental para o proprietário, a inscrição no CAR será facilitada e menos passível de erros ao ser protocolada na Sema, com o programa de apoio que futuramente será disponibilizado pela internet.

Conforme destacado pelo presidente do Instituto Ação Verde e diretor da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Adilson Valera Ruiz, é importante o elo criado entre o Governo do Estado, setor produtivo e o instituto.

“A credibilidade criada entre os elos foi o que identificou a necessidade de desenvolver a plataforma, porque ela reflete em sustentabilidade. Com a ferramenta o técnico junto ao agricultor poderão visualizar os problemas e as vantagens da área analisada”, disse o presidente.

Com o apoio tecnológico de suporte ao CAR, os responsáveis técnicos conseguirão atuar de maneira imediata na resolução de problemas. A plataforma divulga e cataloga as imagens, com o auxílio de algumas ferramentas de edição, disponíveis ao engenheiro encarregado.

“Essa é uma ferramenta que vai demostrar para o técnico, agricultor, e para todos os interessados, o que se deve fazer na área. E esse cadastro vai ser muito importante para nós alcançarmos mais mercado daqui para frente”, afirma Adilson Valera Ruiz.

A reunião para firmar a ordem de serviço foi conduzida pelo secretário-chefe da Casa Civil de Mato Grosso, Mauro Carvalho e a secretária de Estado de Meio Ambiente (Sema), Mauren Lazzaretti.

O secretário destacou a importância e a evolução que o Estado terá com a implantação do projeto. “Isso é um novo passo para a história de Mato Grosso e vai servir com certeza como um grande exemplo para outros estados”, avalia.

Carvalho ainda considerou a mensagem de sustentabilidade que será gravada com a implementação do aparato tecnológico. “Esse é o legado que queremos fazer. Trazer uma segurança fiscal, jurídica, ambiental, voltada justamente para a sustentabilidade que a ferramenta nos proporcionará”.

Também participaram da reunião o responsável pelo setor de sustentabilidade e competitividade da Fiemt, Álvaro Leite, o vice-presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso (Aprosoja), Lucas Costa Beber, o presidente do Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (Cipem), Rafael Masson e o presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), André Nassar.

A plataforma, que tem como objetivo fornecer subsídios, facilidades e ferramentas de produtividade para quem faz o CAR e quem o analisa, estará disponível para uso em cerca de 60 dias, de acordo com o presidente da Ação Verde.

Acompanhe o Sistema Fiemt nas redes sociais:

Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Fone: (65) 3611-1500 / 3611-1555