Fiemt dá início ao bate-papo com candidatos ao Senado

26/10/2020 - 18h59
Bate-papo da indústria com candidatos segue até quarta-feira

Até quarta-feira (28), a Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt) realiza o bate-papo com os candidatos ao Senado. Na tarde desta segunda-feira (26/10), o candidato do Partido Social Democrático (PSD), Carlos Fávaro, apresentou suas propostas e ouviu as demandas do setor industrial. O atual cenário econômico pós pandemia, desburocratização e sustentabilidade foram alguns dos temas discutidos.

“Nós queremos discussões políticas de alto nível, saber o que cada candidato pretende fazer e como vai fazer, caso eleito, para desenvolver Mato Grosso. E espero que a gente consiga mostrar, ao longo desses encontros, os compromissos de cada um”, disse o presidente do Sistema Fiemt, Gustavo de Oliveira, durante o encontro realizado na sede da instituição.

Carlos Fávaro pontuou que a industrialização precisa ser prioridade para o desenvolvimento de Mato Grosso. Para isso, de acordo com o candidato, é necessário resolver entraves históricos como o alto custo da energia, dos tributos e transporte. “Ouvir o setor ajuda a compreender as necessidades da indústria. Somos grandes produtores de soja, milho, algodão, mas precisamos reduzir a exportação desses produtos e aumentar a agregação de valor aqui, para exportar produtos mais elaborados e aumentar a riqueza e a distribuição de renda em nosso Estado”, afirmou.

O segundo bate-papo do dia foi realizado de forma online com a candidata do partido Patriota, coronel Fernanda. Durante 40 minutos, Gustavo de Oliveira conversou com a candidata sobre diversos temas que ela defende e assuntos de interesse da indústria. A live foi transmitida pelo Youtube da Fiemt, além do Facebook e Instragram.

Caso eleita, a coronel Fernanda garantiu que falará com o presidente da República, Jair Bolsonaro, sobre os cortes no Sistema S, defendidos pelo ministro da Economia, Paulo Guedes. “Vou entender os motivos, não adianta a gente ficar discutindo pelas redes sociais. Em dois anos, Mato Grosso terá uma evolução de 40 anos com as novas ferrovias. Com isso, virão novas indústrias e vamos precisar capacitar pessoas para trabalhar”.

Nesta terça-feira (27), a segunda rodada de conversa será totalmente virtual, das 14h às 18h. Cada candidato falará individualmente durante 40 minutos com Gustavo de Oliveira, sendo: às 14h, Valdir Barranco (PT), às 15h, Reinaldo Morais (PSC), às 16h, Euclides Ribeiro (Avante), às 17h, Feliciano Azuaga (NOVO) e às 18h, José Medeiros (Podemos).

Na quarta-feira (28) e último dia da programação, o evento começará às 14h, no auditório da Fiemt, com o candidato Pedro Taques (Solidariedade), e o encerramento será com Nilson Leitão (PSDB), às 16h.

Por medidas sanitárias, o bate-papo na Fiemt é restrito a 20 convidados por dia, sendo 15 membros da diretoria e 5 pessoas da equipe do candidato.

Veja aqui o bate-papo com o candidato Carlos Fávaro

 

Veja aqui o bate-papo com a candidata coronel Fernanda

As transmissões de todos os encontros ficarão gravadas, para assistir, basta acessar o canal oficial da Fiemt no You Tube.

Critério de participação
Em todos os encontros da indústria com candidatos, são convidados os primeiros colocados em pesquisas eleitorais. Neste ano, o convite foi estendido a todos os demais postulantes, que também participarão em live individual com o presidente do Sistema Fiemt, Gustavo de Oliveira.

Acompanhe o Sistema Fiemt nas redes sociais:

Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Fone: (65) 3611-1500 / 3611-1555