Pesquisa avalia perfil de mulheres empreendedoras em MT

31/03/2020 - 14h48

Com o objetivo de identificar as barreiras que impedem o maior número de mulheres empreendedoras em Mato Grosso, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai MT), por meio da Faculdade de Tecnologia Senai MT, realiza uma pesquisa em diversas cidades mato-grossenses. A ação é em parceria com a Organização Internacional do Trabalho (OIT) pelo projeto ‘A Mulher na Gestão Empresarial: Exigindo Impulso no Brasil’. A meta é atingir 200 respondentes do questionário, que está disponível neste link (http://bit.ly/FatecOIT).

A pesquisa tem como foco prioritário o público feminino empreendedor das cidades de Acorizal, Barão de Melgaço, Chapada dos Guimarães, Cuiabá, Jangada, Nobres, Nossa Senhora do Livramento, Nova Brasilândia, Planalto da Serra, Poconé, Rosário Oeste, Santo Antônio do Leverger e Várzea Grande. A pesquisa vai contribuir com o desenvolvimento de políticas e ações para avançar em itens dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS).

O projeto visa ampliar as oportunidades de criação, manutenção e crescimento de empreendimentos comandados por mulheres e, também, uma maior representatividade feminina em cargos de liderança nas corporações. A finalidade é contribuir para a ocupação justa e equitativa da mulher no cenário socioeconômico. O projeto está associado ao tema de pesquisa “Ganha – Ganha: Igualdade de gênero significa bons negócios”, que conta com a parceria da União Europeia e ONU Mulheres Brasil, que procura identificar o perfil de desenvolvimento e iniciativa empresarial da mulher.

Mato Grosso foi escolhido como estado piloto e executou a primeira pesquisa em solo brasileiro, que identificou as barreiras e dificuldades que limitam o empreendedorismo feminino. A pesquisa foi liderada pela Fatec Senai MT e levantou dados e estudos sobre tema que caracterizam o contexto regional e nacional, além de entrevista com 30 mulheres de destaque do empreendedorismo e liderança em instituições e negócios do estado.

Os primeiros resultados apresentados em agosto de 2019 apontaram que 66,6% das mulheres pesquisas ainda desconhecem os programas de financiamento voltado a elas. A metade (50%) não se sente representada na política e 55% julgaram o preconceito como uma das principais barreiras para o crescimento das empresas lideradas por mulheres. Elas associam ainda, que falta capacitação de temas jurídicos e legais para formalizar os negócios, assim como uma melhor utilização do acesso as novas tecnologias.  

Com base no resultado da pesquisa, o Senai MT intensificou a atuação em cursos direcionados ao público feminino. Entre as ações já realizadas, consta o lançamento do edital para a primeira Incubadora de Tecnologia e Inovação em Processamento de Alimentos (ITA). O programa foi destinado a mulheres autônomas ou microempreendedoras individuais do setor de alimentos que desejam desenvolver novos produtos ou realizar melhorias e padronização de produtos ou processos já existentes. Elas foram acompanhadas durante seis meses, com toda orientação e suporte necessários e de maneira gratuita.

Contribua com o projeto. Acesse e responda a pesquisa pelo endereço http://bit.ly/FatecOIT

Acompanhe o Sistema Fiemt nas redes sociais:

Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso
Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 4.193 - Centro Político Administrativo
Cuiabá - MT / CEP 78049-940 | Fone: (65) 3611-1500 / 3611-1555